logo.gif







Planetas Gasosos
 
dreamstimefree_5968139aJúpiter

Júpiter é conhecido por seu tamanho colossal, o maior planeta do Sistema Solar. Possui núcleo denso formado por gelo e corpos rochosos. Ao redor desse núcleo, existe uma grande camada de hidrogênio, sendo envolvida pela atmosfera bastante espessa. Presentes em sua atmosfera estão o hidrogênio, o hélio e alguns sinais de metano, água, amônio e pedra. Os ventos no planeta chegam a uma velocidade de 640km/h. O movimento de rotação tem uma duração de 9 horas e o de translação, 11 anos.

Sua aparência é de um disco amarelo com duas faixas mais escuras em volta. Quando observado por um satélite, pode-se verificar uma grande mancha vermelha em Júpiter. Essa mancha representa uma grande tempestade girando como um ciclone.

Possui em torno de quinze satélites, sendo os mais conhecidos: Io, Ganimedes, Europa e Calisto.

Distância do Sol: 778.330.000 km
Massa: 1,90x10²³ kg
Diâmetro: 142.984 km
Temperatura média: -150º C

Saturno

Saturno é um planeta gasoso, como outros, detentor de pequenas partículas de pó e gelo que o circundam em enormes quantidades. Essas partículas são chamadas de anéis planetários e, no caso específico desse planeta, os famosos anéis de Saturno. Por essa razão, é considerado o mais belo de todos os planetas. Também possui satélites, dentre eles: Encélado, Mimas, Tétis, Febe, Japeto e o Titã, único satélite do Sistema Solar que possui atmosfera.

Esse planeta é bastante semelhante a Júpiter, levando-se em consideração sua constituição e estrutura interna. Sua atmosfera é composta, principalmente, pelos seguintes elementos: hidrogênio, hélio, metano, vapor de água, amônia, etano e fósforo. Seu interior é composto por rochas, gelo e uma camada de hidrogênio metálico. Em Saturno, os ventos podem atingir uma velocidade de 2000 km/h. O movimento de rotação dura 10 horas e de translação 30 anos.

Distância do Sol: 1.429.400.000 km
Diâmetro: 120.536 km
Temperatura média: -130º C

Urano

Quatro vezes maior que o tamanho do planeta Terra, Urano é considerado um gigante. De aspectos bastante contrários aos da Terra, esse planeta é dificilmente observado, sendo distinto apenas por algumas faixas pouco definidas. É detentor de quinze satélites (Titânia, Oberon, Umbriel, Ariel, Miranda e outros) e onze anéis. Sua cor azulada se deve à presença do gás metano na superfície. A atmosfera é formada por hidrogênio, hélio, metano e, em menor quantidade, amônia, etano e acetileno. O núcleo do planeta é constituído de gelo e rochas.

Esse planeta foi descoberto no dia 13 de março de 1781, pelo astrônomo inglês William Herschel.

Distância do Sol: 2.870.990.000 km
Diâmetro: 51.118 km
Massa: 8.686x10²³ kg
Temperatura média: -214º C
dreamstimefree_1661724a.jpg
 Netuno

Netuno se encontra a uma distância de 4,5 bilhões de quilômetros do Sol e, tal como Urano, é quatro  vezes maior que o planeta Terra. Porém, ao contrário do que se é pouco observado em Urano, Netuno apresenta faixas distintas e vários pontos escuros. Possui oito satélites, dentre eles Tritão, Proteu e Nereida, e três anéis. Sua atmosfera é constituída de hidrogênio, hélio, água, amônia e metano. Em seu interior encontram-se, basicamente, rochas e gelo. Possui aparência azulada devido à presença de gás metano em sua atmosfera. A velocidade dos ventos pode atingir 2000 km/h. O movimento de rotação dura 16 horas.

Netuno foi descoberto pelos astrônomos John Couch Adams e Urbain Le Verrier, em 30 de setembro de 1846.

Distância do Sol: 4.504.000.000 km
Massa: 1.024 x 10²³ kg
Diâmetro: 49.528 km
Temperatura média: -220º C